Sword Art Online: Ordinal Scale – Um filme que os fãs esperavam?

Sword Art Online é uma série que possui dois tipos de fãs: uma legião daqueles que amam a obra e outra que criticam sua adaptação. O novo filme do anime intitulado de Ordinal Scale veio para se redimir com aqueles que não gostaram, além de encantar ainda mais seus admiradores.

Sinopse: Em 2026, dois anos desde o incidente, é lançado um MMO de realidade aumentada chamado “Ordinal Scale”, no qual está se tornando popular. Entretanto, coisas estranhas estão acontecendo no jogo e Kirito junto de sua turma irão enfrentar um grande perigo. Uma história nova criada pelo autor original Reki Kawahara e dirigido por Tomohiko Ito.

Durante o início, o filme apresenta o universo do anime ao telespectador, mostrando uma breve recapitulação dos acontecimentos da série: chefões do primeiro arco que nunca foram vistos, alguns personagens que não foram muito explorados e easter eggs no qual apenas quem assistiu as duas temporadas irão entender.

A qualidade da animação ultrapassa a série de TV por questões de tempo e investimento. As cenas de ação têm efeitos muito bem trabalhados, a trilha sonora é composta de músicas épicas que se encaixam perfeitamente em cada momento, além de reciclar a trilha sonora da série nos momentos decisivos para dar um tom nostálgico.

Como o enredo do filme é diretamente ligado a Inteligência Artificial, há uma mensagem na história que se identifica com as questões tecnológicas mais urgentes da nossa sociedade. A narrativa mostra uma reflexão sobre essas preocupações e o quão importante elas devem ser tratadas na vida real.

O romance entre o casal protagonista ganha uma nova visão, e finalmente é tratado de forma mais profunda e desenvolvida, algo pouco explorado durante a série.

Outras questões que chamam a atenção no filme é a quebra de expectativa: Kirito por ser protagonista e praticamente o melhor jogador do anime, é considerado imbatível, o badass da parada. Como a nova tecnologia de realidade aumentada faz com que o jogo aconteça no mundo real e não mais no virtual, cria um choque pro personagem, no qual tem que evoluir e ficar mais forte com o passar do filme para superar seus desafios.

Com um roteiro muito bem trabalhado, no qual não deixa brechas. O filme cria uma atmosfera muito nostálgica, com elementos do primeiro arco que os fãs queriam ver, com desenvolvimento excelente dos personagens, um vilão qual as ações soam bem justificadas e um clímax empolgante que me fez cantar junto e torcer por um final feliz! Para um filme que tinha tudo para ser um filler esquecível, se tornou um complemento muito bem produzido da obra.

Nota 10.

Uma pequena observação: a 3° temporada foi anunciada e após esse filme as minhas expectativas foram para as nuvens! Vamos aguardar para ver.

E não se esqueça de compartilhar!

Gabriel

A pessoa mais eclética que você vai conhecer.